O que se pede a uma Família de Acolhimento?

Uma família que deseje acolher jovens na sua casa deve garantir: condições de dormida (cama, colchão ou sofá-cama onde os jovens possam descansar); o pequeno almoço de cada dia; pontualmente, alguma refeição principal. O programa dos DnD poderá vir a prever que os jovens passem um dos dias completo com a família.

A família tem de garantir a deslocação dos jovens?

É desejável que uma Família de Acolhimento possa levar e buscar os jovens, diariamente, ao início e ao fim do dia, a um local definido pela paróquia. Se não o puder fazer, certamente que se encontrarão soluções na paróquia ou nos vizinhos.

Quem são e como é que os jovens chegam à família?

Os grupos estrangeiros chegam à Paróquia de Acolhimento e são distribuídos pelas famílias no dia em que chegam à paróquia.

Quantos jovens posso receber em minha casa?

Uma família pode receber desde 2 até ao número de jovens que tiver capacidade para acolher. A Família de Acolhimento informa ainda se pretende receber rapazes ou raparigas.

E se não houver jovens na minha família?

Não é necessário ter jovens a viver em casa para ser Família de Acolhimento.

E se não soubermos falar inglês ou a língua dos jovens?

Não saber inglês ou outra língua estrangeira não é impedimento para receber jovens em casa. A experiência de jornadas anteriores mostra que o diálogo é sempre possível.

Como é que posso manifestar a minha intenção de ser Família de Acolhimento?

As famílias interessadas em ser Famílias de Acolhimento devem contactar a sua paróquia, através do pároco ou da equipa de acolhimento local.

Até quando podemos manifestar a nossa intenção de ser Família de Acolhimento?

As famílias devem manifestar o seu desejo de serem Famílias de Acolhimento com a maior antecedência possível.